Terça-feira, Setembro 28

Seberiense ganha prêmio em evento científico nacional

Você acha que a bateria do seu telefone celular dura pouco? Será que no futuro teremos smarthphones com maior autonomia?

Este é um dos objetivos do projeto desenvolvido pela aluna Giovana Ceolin do curso de graduação em Engenharia de Telecomunicações da Unipampa sob orientação do professor Lucas Compassi Severo.

Neste projeto, a aluna estuda novas técnicas baseadas em circuitos integrados (popularmente conhecidos como chips), que possuam baixo consumo de potência. O fato de os dispositivos se comunicarem sem fio com a internet através rede wifi ou com outros dispositivos via bluetooth é um dos principais motivos do alto consumo de energia.

Pensando nisso, o projeto aborda a otimização do projeto dos principais circuitos utilizados na comunicação sem fio. Entre eles estão os amplificadores de baixo ruídos (conhecidos como LNA, do inglês Low Noise Amplifiers).

Os circuitos desenvolvidos são capazes de operar com tensão de alimentação de 0,4V, que é cerca de 3,7 vezes menor que o nível de tensão presentes em pilhas comuns. Neste nível é possível reduzir consideravelmente o consumo e colaborar para o aumento na duração da bateria presentes nos dispositivos ou até mesmo ser capaz de operar sem bateria, utilizando outras fontes de energia.

O artigo escrito pela aluna foi premiado com o melhor trabalho apresentado no Fórum de Estudantes de Microeletrônica (SFORUM) deste ano. Este evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Microeletrônica (SBMicro) e pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e conta com a participação de pesquisadores de diversas universidades e centros de pesquisa nacionais e internacionais.

Neste ano o evento ocorreu no formato não-presencial (online), juntamente com outros eventos da área de microeletrônica. O desenvolvimento deste projeto é realizado junto ao Grupo de Arquitetura de Computadores (GAMA) da Unipampa Campus Alegrete e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS).

Fonte: Alegretetudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *