Sexta-feira, Dezembro 3

Entregue pedido de aumento da fiscalização contra a Peste Suína Africana

Caso da doença registrado na República Dominicana preocupa produtores de suínos brasileiros

Preocupados com a chegada da Peste Suína Africana (PSA) ao continente, a Frente Parlamentar da Suinocultura, a qual é presidida pelo deputado federal Covatti Filho (Progressistas), entregou à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, um documento pedindo ações preventivas para evitar a contaminação do rebanho brasileiro. A cautela se justifica após o registro do primeiro caso de PSA na República Dominicana, localizada na América Central, no dia 29 de julho.

Entre os pedidos está o fortalecimento da estrutura de fiscalização nas fronteiras, portos e aeroportos. O documento também aponta a necessidade de ampliação do número de laboratórios credenciados para realização de diagnóstico rápido da PSA. Atualmente, apenas o Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Pedro Leopoldo (MG) possui o credenciamento.

Segundo Marcelo Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Criadores e Suínos, é importante fortalecer as medidas preventivas de fiscalização para reduzir os riscos e não impactar a produção. A PSA é apontada como a responsável por causar grandes perdas na produção suinícola chinesa e de outras regiões do mundo.

Diante disso, a ministra Tereza Cristina garantiu maior atuação na fiscalização. “Estamos fortalecendo a fiscalização nas fronteiras terrestres, em portos e aeroportos, inclusive com maior efetivo de pessoal e com a ajuda de cães farejadores. É importante prevenir e vamos fazer a nossa parte”, garantiu a ministra.

Foto: Divulgação

Fonte: Folha do Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *