Terça-feira, Junho 15

Estelionatários fazem cobrança de aluguel por Whatsapp na região

Cobrança de aluguel: golpistas chegam até a clonar aplicativo para se passar por proprietários

Um novo golpe aplicado via aplicativo de celular tem feito vítimas na região. A cobrança de aluguel ou pedido de dinheiro emprestado são algumas das formas que o estelionatário aborda as pessoas através de mensagem. São utilizados diversos números com DDD 55 para contato e uma conta bancária é repassada para depósito.

Moradores da região se manifestaram em rede social sobre a tentativa do golpe. Um morador da Linha Pessegueiro em Seberi, recebeu a mensagem de um número desconhecido através do Whatsapp:

– Bom dia queria saber se você vai estar depositando o dinheiro essa semana?

– Bom dia

– O que seria?

Oi é sobre o dinheiro do aluguel e pq troquei de número queria saber se você vai estar passando essa semana

– Só na outra semana

_____________________________________________________________________________

Como a possível vítima não mora de aluguel, logo percebeu se tratar de um golpe e alertou a comunidade local.

O golpista manda mensagem às vítimas e pergunta se a pessoa conseguiria depositar o valor do aluguel. Por ser um número desconhecido, é questionado quem é e simplesmente o criminoso responde que trocou de número, mas esqueceu de avisar. Para se safar de algumas situações, como por exemplo, quando o criminoso envia a mensagem para alguém que não mora de aluguel, ao ser questionado sobre, o golpista pede desculpas e diz que enviou para a pessoa errada. Em alguns casos, o número do proprietário é clonado para que o inquilino não perceba se tratar de um golpe.

Outra forma do criminoso aplicar o golpe é apenas perguntar se teria como emprestar certa quantia em dinheiro, alegando ser algum familiar ou amigo. Devido a inocência de algumas pessoas, o estelionatário consegue aplicar o golpe com sucesso.

Nossa equipe de reportagem tentou contato com um número de telefone repassado, mas cai direto na caixa postal. Mesmo as vítimas tendo consciência que se trata de um golpe ou uma tentativa, muitos não procuram a Polícia Civil para registrar a ocorrência, o que impossibilita uma investigação.

O aplicativo de mensagens WhatsApp tem sido usado por estelionatários para aplicar golpes no Rio Grande do Sul.  O alerta da Polícia Civil é para que todos tenham cuidado ao receber alguma ligação, mensagem e principalmente quando pedirem dinheiro por Whatsapp. Em caso de inquilinos, antes de qualquer ação, é orientado entrar em contato com a pessoa responsável ou proprietário do imóvel. Estas informações precisam ser confirmadas para evitar transtornos e mais vítimas desse golpe. A Polícia solicita também que as pessoas que tenham sido vítimas de qualquer golpe, procurem a delegacia mais próxima e registrem a ocorrência, pois à partir dessas informações irão conseguir evidências para investigar os casos e tentar chegar até os criminosos.

Renato Martins / Dep Jornalismo

Imagens: Reprodução / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *