Terça-feira, Junho 15

Pagamento pelo WhatsApp: 10 dicas de segurança para não cair em golpes

Especialistas alertam possíveis ameaças com lançamento de função para transferência via WhatsApp

O WhatsApp liberou pagamentos pelo aplicativo para Android e iPhone (iOS) na última semana. A função de transferências permite enviar dinheiro para colegas e parentes direto pelo mensageiro, com mediação do Facebook Pay. Embora o WhatsApp Pay traga serviços de proteção como PIN, biometria e tokenização de dados financeiros, especialistas de segurança cibernética alertam que ele pode ser alvo de golpes.

Segundo os profissionais, é necessário utilizar o WhatsApp Pagamentos com a atenção redobrada e seguir procedimentos básicos de segurança para não se tornar uma vítima de armadilhas digitais. De acordo com o diretor do laboratório especializado em segurança digital da PSafe Emilio Simoni, mensageiros são os meios mais utilizados para disseminar golpes digitais no Brasil. Por isso, o TechTudo selecionou dez dicas de segurança para você não cair em golpes com o WhatsApp Pay.

Desconfie de promoções muito vantajosas

Correntes falsas nas redes sociais atingem os brasileiros diariamente. Segundo um levantamento da empresa de segurança digital PSafe, cerca de 23 usuários são vítimas de golpes pelo WhatsApp diariamente no Brasil. Essas armadilhas possuem algumas características em comum, como oferecer algum produto ou serviço gratuito em troca dos dados pessoais do usuário.

Ao fornecer dados pessoais e clicar em links duvidosos, a vítima pode liberar o acesso do celular para terceiros. No caso dos pagamentos no WhatsApp, confirme pelos meios oficiais da loja ao receber ofertas pelo aplicativo. É importante verificar a procedência das promoções antes de informar qualquer dado pessoal na Internet ou realizar pagamentos no mensageiro.

Fonte: Techtudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *