Quinta-feira, Outubro 29

Prefeito e vice de Seberi são afastados por determinação judicial

O recebimento da notificação da cassação dos diplomas determinou na tarde desta segunda-feira (21), o afastamento do prefeito de Seberi Cleiton Bonadiman e do vice-prefeito Marcelino Galvão Bueno (ambos do MDB).
A saída das funções do prefeito e do vice já era aguardada depois da publicação do acórdão com a decisão dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A condenação se deu em razão da não identificação de recursos recebidos na campanha eleitoral de 2016.  O MPE argumentou que houve depósito de R$ 55.644,91, em espécie e sem origem definida, na conta de campanha dos candidatos, o que caracterizaria a irregularidade no recebimento dos valores, conforme estabelece o artigo 30-A da Lei das Eleições. O TSE por por quatro votos a três entendeu como prática de crime eleitoral a falta de comprovação de procedência desse montante decidindo pela cassação dos mandatos dos dois políticos.
Com a definição da Justiça, o Presidente da Câmara de Vereadores Ismael Marcos Karpinski assume o Executivo a partir desta terça-feira (22), até que haja uma eleição indireta pelos vereadores para escolha do novo gestor até o fim deste ano.
Renato Martins / Dep Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *