Sexta-feira, Dezembro 3

Entrega de obras da ERS-142, entre Não-Me-Toque e Carazinho aconteceu na abertura da Expodireto

Em clima de otimismo, foi dada a largada da 21ª Expodireto Cotrijal, uma das maiores feiras de agronegócio da América Latina. A cerimônia de abertura do evento ocorreu nesta segunda-feira (2/3), no Parque da Expodireto, em Não-Me-Toque, no norte do Estado, e contou com a presença do governador Eduardo Leite, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, de lideranças políticas e representantes de entidades ligadas ao setor agropecuário.

Durante o discurso, Leite fez um balanço das ações desenvolvidas pelo governo com foco no aumento da competitividade. O chefe do Executivo gaúcho citou a Reforma RS, as concessões de estradas em andamento por meio de parceria com o BNDES, o novo Código Ambiental e o já anunciado terminal logístico do arroz, que irá aumentar a capacidade de armazenamento do cereal no porto do Rio Grande.

“O tema da competitividade é a diretriz do nosso governo, é o que nos guia. Depois de o Brasil enfrentar a pior recessão de sua história, recessão que gerou 13 milhões de desempregados no país, não há outra agenda que não a de geração de empregos, riqueza e desenvolvimento econômico”, afirmou Leite.

O governador destacou ainda o empenho do Executivo na recuperação da ERS-142, inaugurada no domingo (1°/3). O trecho entre Carazinho e Não-Me-Toque é a principal via de acesso à Expodireto e estava entre as obras de pavimentação prioritárias do governo gaúcho. A rodovia, considerada essencial para o escoamento da produção agrícola da região, contou com investimento total de R$ 20 milhões, custeados com recursos do Banco Mundial e do Tesouro do Estado.

“Quando se trata dos recursos do Estado, temos de ter clareza da prioridade nos investimentos. Nós conseguimos aportar no ano passado R$ 170 milhões para as estradas. Este ano, serão R$ 220 milhões, dentro de um plano de investimentos que traçamos para as obras de rodovias, que priorizou, entre elas, a recuperação da ERS-142”, explicou o governador.

O presidente da Expodireto Cotrijal, Nei César Mânica, agradeceu o empenho do governador, que havia anunciado a obra havia um ano, na Expodireto 2019. De acordo com a Mânica, a rodovia é fundamental para o desenvolvimento da região e da feira.

“É disso que precisamos, governador. Iniciar e logo entregar uma obra. Salvar vidas, melhor a logística. Temos muito a agradecê-lo por essa conquista”, disse.

Durante a abertura, a ministra Tereza Cristina defendeu a força da agricultura brasileira e afirmou que um dos principais focos da pasta é a conquista de novos mercados pelo mundo. “O Brasil precisa ser mais ousado. Temos terra, temos água, temos produtores especializados. Temos tecnologia para mandar nossos produtos para o mundo todo”, sentenciou.

O grande destaque da 21ª Expodireto Cotrijal é a Arena Agrodigital, que promete revelar muita inovação durante os cinco dias de feira. Criada para reunir 22 grandes empresas e 15 startups do agronegócio mundial, a arena é um espaço de 1,6 mil metros quadrados que servirá para demonstrar as tecnologias digitais que estão transformando a vida dos produtores rurais.

“A arena vai ser um marco e um divisor de águas. Será o xodó da Expodireto”, disse Mânica. “Queremos transformá-la num labirinto de tecnologia e inovação”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *