Mais de 120 peixes devolvidos ao Uruguai

Durante esta semana, a Policia Ambiental (Patram) de Frederico Westphalen realizou fiscalizações contra a pesca predatória no Rio Uruguai, nos municípios de Iraí e Vicente Dutra.

Em Iraí foram recolhidos 1.530 metros de redes de malhas diversas e 300 metros de espinhéis, que estavam instaladas de forma irregular no leito do rio.  54 peixes que estavam presos nessas redes foram devolvidos à água. “A pesca no Uruguai está permitida, neste período, o que foi recolhido foram equipamentos de pesca dispostos em locais proibidos ou com a malha inferior a permitida. Lembrando também que rede só é permitido para pescador profissional com malha acima de 120mm”, explicou a comandante da Patram, Juliana Lahr.

Na fiscalização em Vicente Dutra, onde foram apreendidos 1.915 m de redes de diversas malhas, 225 m de espinhéis e 63 esperas., também foram abordadas 9 embarcações e 18 pessoas. Foi realizada a soltura de 70 peixes das espécies: Cascudo, Grumatã, Lambari, Joana e Muçum. Não foram identificados os responsáveis pelo material apreendido.

A soldado lembra ainda que a captura do Dourado não é permitida no Rio Grande do Sul e que a pesca dessa espécie ou outras que devam ser preservadas vai de um a três anos de detenção e multa.

Heloise Santi/Jornal Folha do Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *