Quinta-feira, Fevereiro 25

MP alerta hospitais sobre cobranças indevidas no SUS

Por meio do promotor de Justiça João Pedro Togni, o Ministério Público de Frederico Westphalen entregou em reunião na tarde desta quarta-feira, 18, uma recomendação aos hospitais da região em relação a possíveis cobranças indevidas de atendimento via Sistema Único de Saúde (SUS). “Se trata de um ilícito, inclusive criminal, e não é novidade para o MP, na medida em que já há um médico (da região) denunciado por esta prática e há outras investigações em curso neste sentido”, destacou o promotor em sua fala.

O documento recomenda ainda que diretores e/ou presidentes dos Hospitais Divina Providência de Frederico Westphalen, São Roque de Taquaruçu do Sul, São Roque de Vicente Dutra, Santa Terezinha de Palmitinho e São Roque de Caiçara, tomem as medidas cabíveis no âmbito administrativo, orientando os médicos e funcionários para que não haja qualquer cobrança dos usuários do SUS.

Uma cópia da recomendação deve ser entregue a todas as pessoas que atuam no hospital. A administração também deverá fixar em locais de circulação na casa de saúde cartazes de aviso de utilidade pública informando que os serviços prestados pelo SUS são integralmente gratuitos.

 

 

 

 

*Fabio Pelinson/O Alto Uruguai

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *