Quinta-feira, Setembro 24

Inicia o 33º Carijo da Canção Gaúcha

Iniciou o 33º Carijo da Canção Gaúcha, em Palmeira das Missões. O festival, que é patrimônio cultural do estado, é um dos maiores festivais nativistas do Rio Grande do Sul. Durante quatro dias de festival, compositores, intérpretes e instrumentistas sobem ao palco principal do Carijo, a fim de defender músicas inéditas, das quais as melhores serão premiadas na grande final que acontece no domingo, 3 de junho.

Na primeira noite, 31, após a declaração da abertura oficial pelo presidente desta edição do festival, Antonio Korsack Filho, iniciou a primeira ronda com as classificadas da fase local. Das dez composições que subiram ao palco, quatro passaram para a final. As classificadas são:

  • Milonga para a vilinha, milonga com letra de Alessandro Eduardo de Souza Scalei e melodia de Aurélio Moraes, interpretada por Aurélio Moraes.
  • Na safra da erva, vaneira com letra de Paulo Vicente de Souza e melodia de Fabiano Cestari Costa e Cristiano Sonntag, interpretada por Fabiano Cestari Costa e Cristiano Sonntag.
  • O que habita em mim, milonga com letra e melodia de Gabriel Verdi Leal e José Ricardo Nerlig, interpretada por José Ricardo Nerling.
  •  Um certo ginete, chamarra com letra de João Carlos Konig e melodia de Cássio Figueiró, interpretada por Cássio Figueiró.

Estas composições voltam a se apresentar no domingo, na fase final do festival. Após a apresentação das dez composições da noite, Leonel Gomez ficou responsável pelo show de intervalo. Nesta sexta-feira, 1º de junho, ocorrerá a segunda ronda, com as composições classificadas na fase geral. O show de encerramento ficará a cargo de Pedro Ortaça.

 

 

 

 

 

*Cleusa Jung/O Alto Uruguai

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *