Quarta-feira, Setembro 30

Reunião de emergência em Seberi avaliará efeitos de greve no setor primário do RS

Os efeitos no setor primário, especialmente as perdas nas áreas da avicultura, leite e suínos serão avaliados numa reunião de emergência que será realizada na tarde desta segunda-feira, 28, por 43 prefeitos da Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop), em Seberi.

Ao mesmo tempo que apoiam a mobilização dos caminhoneiros, inclusive com fechamento das prefeituras nessa sexta-feira, 25, os administradores municipais focam também nas consequências provocadas pela interrupção dos transporte de insumos, especialmente ração destinada a aves, suínos e bacia leiteira. O leite tem sido descartado pelos produtores porque o produto não está chegando até as indústrias.

O presidente da Amzop, Gilson De Carli, afirmou que os prefeitos são a favor do pleito dos caminhoneiros, mas estão preocupados com os efeitos dos protestos. “Nós somos a favor dos pleitos dos caminhoneiros, pois o elevado custo dos combustíveis afeta toda a categoria e também as prefeituras e a população em geral, mas temos que avaliar também algumas consequências registradas no setor primário”, disse

De Carli defende que o governo encontre soluções rápidas, a fim de atender as reivindicações dos caminhoneiros, que segundo ele, são também reivindicações da população em geral. “Toda a população nota que o custo dos combustíveis é muito elevado”, pontuou.

 

 

 

*Com informações do Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *