Quarta-feira, Setembro 30

Schirmer espera que Força Nacional fique pelo menos até o fim do ano em Porto Alegre

O novo efetivo da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) já está nas ruas de Porto Alegre. São 120 policiais, sob comando do major Joacy Berredo, que reforçarão a segurança da capital. O contingente foi apresentado oficialmente na manhã desta sexta-feira, na sede da Secretaria da Segurança Pública do Estado.

O secretário estadual de Segurança, Cezar Shcirmer disse que a expectativa é de que a Força Nacional permaneça até o fim do ano na Capital, já que há possibilidade de prorrogação. O prazo inicial é de que a tropa fique até julho. “Eles ajudam muito e trabalham junto com a Brigada Militar, sem nenhum custo para o RS. São experientes e equipados”, observou.

Schirmer anunciou também o recebimento de 19 caminhonetes Ford Ranger, por parte do Ministério da Justiça. A destinação das viaturas será agora avaliada. Cezar Schirmer agradeceu o apoio pois “sempre demonstraram solícitos e compreensivos sobre a necessidade da permanência da Força Nacional” em Porto Alegre.

Todos os policiais trazem sotaques diferentes revelando as origens regionais de cada um, pois são recrutados em todo o País. O comandante da FNSP na Capital, major Joacy Berredo, por exemplo, é oriundo da Polícia Militar do Maranhão. A permanência no RS acaba incorporando alguns hábitos locais, como o tradicional chimarrão, além de outros costumes da cidade.

A tropa federal está bem equipada e preparada para enfrentar a criminalidade, com carabina calibre 556, pistola calibre 40, colete balístico, farda camuflada digitalizada urbana na cor cinza e boina de cor bordô inspirada na força de paz da ONU, entre outros equipamentos. Entre os policiais militares estão nove mulheres.

Nas ruas da Capital, a atuação do efetivo incluirá operações de combate a homicídios dolosos, feminicídios e tráfico de drogas, em área pré-estabelecidas pela Secretaria da Segurança Pública do Estado e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). “A presença da tropa no Rio Grande do Sul é mais uma ação de integração entre todas as esferas de poder para garantir a população gaúcha o melhor serviço que podemos oferecer”, enfatizou Cezar Schirmer.

A solenidade contou com a presença do coordenador do Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP) no Rio Grande do Sul, tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade, entre outras autoridades.

 

*Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *