Domingo, Setembro 27

Mulher natural de Cruz Alta é morta em Goiás – filho é o principal suspeito

Silvia Aparecida Barcelos Murussi Frizon, 41 anos, natural de Cruz Alta, foi morta a facadas numa casa, ontem, 11, em Goiânia, capital de Goiás, onde residia. O suspeito é o filho dela, de 19 anos. Uma possível motivação trata de que o jovem queria o dinheiro de alugueis que a mãe recebia. Vizinhos relataram que as discussões entre ambos eram constantes.
*Rádio Progresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *