Domingo, Setembro 27

Governo do RS anuncia desistência da venda de ações do Banrisul

O governo do Rio Grande do Sul anunciou a desistência da venda de ações do Banrisul. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 6, a acionistas da instituição por meio de Fato Relevante, e confirmada na noite do mesmo dia pelo chefe da Casa Civil, Cleber Benvegnú.

A venda de 49% das ações ordinárias, com direito a voto, foi anunciada pelo governador José Ivo Sartori em outubro. Já em novembro, o Banco Central autorizou a negociação, que recebeu a previsão de acontecer em dezembro, segundo políticos do governo gaúcho. No dia 29 de novembro, o presidente Michel Temer assinou o decreto que permitiu a venda.

No dia 6 de dezembro, o governo anunciou que adiaria a venda das ações, alegando “condições desfavoráveis de mercado”. Ainda segundo o Piratini, a decisão final sobre a oferta dependeria de novas avaliações técnicas.

A justificativa para a venda foi dar maior autonomia e relevância para o banco e arrecadar recursos que possam auxiliar o estado a enfrentar a crise financeira. O valor esperado para a negociação, no entanto, não foi informada.

A discussão sobre a venda das ações acontece juntamente com as tratativas para a adesão do estado no Regime de Recuperação Fiscal, que prevê uma série de medidas de reajuste econômico. Se aprovado, o governo poderá ficar até três anos sem pagar as parcelas da dívida com a União, além de ter acesso a um novo financiamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *