Sábado, Setembro 26

Estudantes da UFSM de Palmeira das Missões realizam manifestação em prol dos direitos estudantis

Nesta manhã de quinta feira, 12, cerca de 200 alunos da Universidade Federal de Santa Maria Campus de Palmeira das Missões estão mobilizados em frente aos prédios, a fim de impactar a Pró Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) para que a mesma tome alguma medida, juntamente com os responsáveis, para a regularização e não corte da Bolsa Auxílio Moradia, que é oferecida aos estudantes para auxiliar nos gastos – e até mesmo proporcionar instalação dos mesmos nas Casas do Estudante Universitário (CEU) – durante o período em que estão dentro da Universidade.

Os estudantes estão realizando essa manifestação pacificamente e aguardando resposta do Reitor da Universidade, Prof. Paulo Afonso Burmann, já que, no mês de abril, nem todos os alunos que tem direito ao auxílio receberam o valor. Alguns estudantes que conseguiram o auxílio e deveriam estar sendo abrigados na CEU também estão buscando essas vagas que lhes foram oferecidas e não cumpridas. A estudante de Zootecnia, Monica Marcolan, comenta que “alguns alunos pensam até mesmo em desistir de cursar por não conseguirem se manter sem esse auxílio. Quem recebe essa Bolsa é porque não tem condições de se manter aqui. Nós estamos buscando um direito que é nosso, e infelizmente se essa bolsa for cortada, muitos não teremos como nos manter aqui porque a família não tem condições de manter. Além disso, as refeições do RU pelo preço atual, também correm o risco de serem cortadas e isso também é um problema.”

A manifestação está mobilizando alunos de diversos cursos, professores, funcionários e técnicos do Campus. A acadêmica Janaina, que cursa Enfermagem e também faz parte do Diretório Acadêmico do curso, destaca que a paralisação é para a regularização desses direitos dos estudantes: “a gente fez esse ato para chamar a atenção dos governantes, porque os cortes do Governo Federal estão afetando diretamente os alunos na Universidade”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *