CTG Querência da Serra é sucesso no Circuito de Invernadas em Boa Vista das Missões

No domingo, 16 de dezembro, o CTG Querência da Serra de Seberi levou com honra o nome da entidade e do município em mais um evento voltado ao tradicionalismo. Isso porque ocorreu, no CTG Tropeiros das Missões, de Boa Vista das Missões, o Circuito de Invernadas, onde participaram diversos grupos em duas categorias, as quais eram avaliadas em seis encontros, sendo o último avaliativo.

As Invernadas Pré-Mirim, Mirim e Juvenil levaram suas apresentações, emocionaram os presentes e levaram as primeiras colocações nas categorias Danças Tradicionais e Entrada. A Invernada Pré-Mirim ficou com o 2º lugar em Danças Tradicionais; a Invernada Mirim ficou em 1º lugar em Danças Tradicionais e 1º lugar na categoria Entrada; a Invernada Juvenil obteve a mesma classificação que a Invernada Mirim, mas na categoria desta faixa-etária, trazendo para Seberi os prêmios de 1º lugar em Danças Tradicionais e o 1º lugar na categoria Entrada.

Na manhã de hoje, nossa equipe de reportagem conversou com o patrão do CTG Querência da Serra, Claudinei Chemin, que comentou como a entidade é importante na vida de todos que participam porque, segundo ele, “é a segunda família. E eu me sinto integrado nessa família de um jeito que, mesmo na hora de dar tchau, o coração aperta, balança. O sentimento nos prende à essa entidade, à essas crianças. É muita interação, nos ensaios e mesmo quando saímos fazer algum outro trabalho, nos apresentar, é emoção, porque é o resultado do preparo de meses de ensaio, e o resultado traz muita alegria, satisfação imensa por viver esse momento. É um sentimento de dever cumprido com a entidade e com essas crianças que se apresentam”.

Segundo Rosemar Pereira Werner, mãe das prendas Estéfani Pereira Werner e Diana Pereira Werner, das Invernadas Mirim e Juvenil, e membro da Organização Cultural do CTG, destacou que o caminho para essas apresentações é longo, e o resultado emocionante. “É uma grande caminhada, porque é o ano todo eles ensaiando, se esforçando para participar dessas apresentações, então quando vem esse sucesso, é o reconhecimento de todo o esforço dessas crianças. A Diana eu comecei a levar no CTG quando ela tinha 7 anos, e a Estéfani, na época com 3 anos, me acompanhava e dançava de fora do palco, acompanhando, e agora elas já estão há 7 anos participando do CTG Querência da Serra, então isso é muito emocionante, porque nós fizemos todo esse trabalho pensando no futuro dessas crianças que participam, buscando uma formação melhor para elas”.

Estéfani Pereira Werner, da Invernada Mirim, mencionou o sentimento de se apresentar para tantas pessoas e em tantos lugares, porque é “um sentimento de felicidade, eu me sinto alegre, me sinto bem. Dançamos a Entrada, a Meia Canha, Maçanico e a Saída. Participar do grupo do CTG é muito bom, na hora das apresentações é um sentimento de carinho, de se sentir bem”.

Diana Pereira Werner, participante da Invernada Juvenil, contou que nas apresentações, apesar da ansiedade, se sente “feliz, mais confiante, sorrindo, porque eu sei que mesmo com a ansiedade, eu sei que vou conseguir. E quando o público nos aplaude, isso nos deixa muito feliz, porque é emocionante, às vezes dá até vontade de chorar”.

Rose Korpalski, também se fez presente nessa conversa, e contou como é a emoção de poder acompanhar as Invernadas Artísticas nessas apresentações e competições, momento este que “é uma mistura de felicidade e companheirismo, até por ver a felicidade dessas crianças e jovens e dos pais delas, do Patrão, da Patroa, dos demais colaboradores, isso para nós é uma imensa felicidade. Esse ano foi de muito sucesso para nós, regado a felicidade e choros de emoção, porque, nessas competições, quando sai o resultado, a gente não sabe se ri, se chora, se abraça essas crianças, porque é um sentimento sem explicação, então só temos a agradecer, pois para nós é uma imensa felicidade”.

 

 

Marina Bonez/Depto. Jornalismo Rádio Seberi

Fotos: Reprodução/Divulgação 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *