Seberi está entre os municípios com maior alta no retorno do ICMS no RS

Quase 400 municípios gaúchos terão uma fatia maior na distribuição das receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 2019. De acordo com estudo comparativo da Área Técnica de Receitas Municipais da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), 370 prefeituras aumentaram o índice de retorno do tributo estadual. Os outros 127 municípios do Rio Grande do Sul registraram variação negativa.

Seberi está em 1º lugar entre os municípios da região, e em 2º lugar entre os dez municípios do Estado que tiveram maior alta no retorno do ICMS. No estado, quem  lidera é Pinhal Grande (28,99%), seguido de Seberi (15,62%), Guaíba (15,52%), Severiano de Almeida (14,76%), Salto do Jacuí (14,13%), Pinto Bandeira (14,02%), Candiota (14,02%) e Itati (13,72%). Palmitinho (13,62%) está na nona colocação e Trindade do Sul (13,45%) fecha a lista dos dez com maior alta.

Entre os municípios da nossa região, Palmitinho ficou em 2º lugar no ranking dos 10 com aumento do ICMS.  Depois dele vem Trindade do Sul, Pinhal (11,25%), Novo Tiradentes (10,46%), Cristal do Sul (9,65%), Taquaruçu do Sul (9,53%), Vista Alegre (9,18%), Nonoai (7,67%) e Tenente Portela (7,46%).

 

Confira como foram os demais municípios da região:

 

 

 

 

 

Marina Bonez/Depto.Jornalismo Rádio Seberi

Com informações de Grupo Chiru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *