Com intuito de melhorar a estrutura física e resgatar as origens e a história dos 50 anos de atuação da entidade, nesta semana iniciarão as obras do projeto de revitalização do CTGQuerência da Serra, de Seberi.

A reforma é uma iniciativa da patronagem do CTG, com apoio da comunidade seberiense, e conta com o serviço voluntário da empresa Geller e Geller.

Toda a fachada e o passeio da entidade serão revitalizados, para isso serão necessárias modificações no terreno, retirada e replantação de árvores, e a inserção de asfalto no estacionamento. O espaço para o costelão também será revitalizado.

Ainda, serão ampliados o telhado e a área de estacionamento dos carros. Além disso, será construído um muro lateral, um passeio central e lateral, e uma nova cerca, portões e calçada.

Segundo o patrão do CTG, Nei Chemin, a revitalização faz parte das melhorias na estrutura da entidade, que em 2019 completa 50 anos. “Estamos realizando um resgate de toda a história, e nada mais justo que presentearmos nossos associados e a comunidade de Seberi com essas melhorias, já que o Querência da Serra vem se destacando no cenário tradicionalista, por meio dos seus departamentos artísticos e campeiro. É uma honra estar à frente deste trabalho junto com a equipe da patronagem”, afirma o patrão.

As obras iniciariam na segunda-feira, 24, mas devido ao mau tempo tiveram que ser interrompidas.

 

 

 

 

*Cintia Henker/O Alto Uruguai

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *