Produtores que desenvolverão a atividade participaram de curso na última semana

Cerca de 30 produtores do município de Pinhal participaram de dois dias de curso sobre apicultura e mel policultura, fazendo parte da primeira etapa de implantação de um programa de incentivo à produção de mel no município.

O curso foi ministrado pelos instrutores Leonido Albuquerque, de Nonoai e Luiz Eduardo Velho, de Palmeira das Missões, ambos da Emater. Além da capacitação inicial destinada aos produtores, a iniciativa prevê a distribuição de cinco colmeias para cada produtor, além de uma centrífuga para uso coletivo entre os produtores e um cilindro alveolador.

Como contrapartida para participação no programa, os produtores deveriam participar do curso e adquirir pelo menos uma colmeia, além da formação de grupos técnicos de trabalho e a aquisição de cera laminada.

Segundo a estimativa dos técnicos da Emater, até o final do ano, os produtores já poderão extrair os primeiros quilos de mel e comercializar. O prefeito Edmilson Pedro Pelizari, lembra que este é um programa novo e a expectativa é que esta atividade se torne mais uma fonte de renda para estas 31 famílias.

– Essa é a nossa grande prioridade, investir e valorizar as pessoas gerando oportunidades para que permaneçam aqui em nosso município, com emprego e renda –, resume Pelizari. O programa de incentivo à apicultura foi elaborado pela Administração Municipal de Pinhal, através da Secretaria Municipal da Agricultura, com apoio da Emater.

Folha do Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *