Enquanto algumas lideranças de caminhoneiros afirmam que a greve poderá ser encerrada no fim desta segunda-feira, 28  – caso os senadores aprovem as medidas que serão votadas em sessão extraordinária que será realizada a partir das 16 horas –, outros motoristas dizem que a mobilização não tem perspectiva de encerrar, como é o caso dos caminhoneiros grevistas que estão concentrados no km 37 da BR-386, em Frederico Westphalen.

Os motoristas estão mobilizados no município frederiquense desde a terça-feira, 22, em frente ao Posto da Lagoa. No ponto, são permitidas as passagens de veículos de carga transportando alimentos para animais e rações, combustíveis, medicamentos e insumos hospitalares.

“Nós estamos fazendo uma manifestação pacífica, sem obrigar a parada de veículos que estejam transportando produtos essenciais” , afirmou um dos motoristas presentes no ato, que preferiu não se identificar.

Os caminhoneiros mobilizados em FW admitiram que a paralisação prossegue porque o objetivo da categoria é haver uma redução nos combustíveis de uma forma geral. “Se fosse só pelo diesel, nós já teríamos voltado ao trabalho, mas pensamos na sociedade como um todo, por isso seguimos paralisados. Inclusive, conclamamos o apoio da população, porque quanto mais a população auxiliar e paralisar, mais pressão será feita e mais rápido seremos atendidos e a rotina voltará o normal”, declararam os motoristas em greve.

 

 

 

*Adriano Dal Chiavon/O Alto Uruguai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *