Ao menos 36 municípios do Estado já emitiram decretos devido ao desabastecimento

O desabastecimento de combustíveis e demais insumos causado pela greve dos caminhoneiros, que chega hoje ao oitavo dia, provoca restrições de serviços em todo o Estado. A situação tem levado municípios de todas as regiões a emitir decretos de calamidade pública e situação de emergência. Ao menos 36 prefeituras já assinaram os documentos, desde a semana passada, com o objetivo de melhor gerenciar os impactos sofridos pelas comunidades com a falta de produtos. Outros municípios estudam a possibilidade de emitir os decretos.

 

Calamidade pública:

  • Santa Vitória do Palmar
  • Jacutinga
  • São José do Norte
  • Lavras do Sul
  • São Borja
  • Gramado
  • São Gabriel
  • Uruguaiana
  • Itaqui
  • Manoel Viana
  • Pedro Osório
  • Pinheiro Machado
  • Capão do Leão
  • Dom Pedrito
  • Cruzeiro do Sul
  • Tapes
  • Teutônia
  • Cerrito
  • Rosário do Sul
  • Estância Velha
  • Pareci Novo
  • Santana do Livramento

 

Situação de Emergência:

  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pejuçara
  • Barra do Quaraí
  • Canguçu
  • Jaguarão
  • São Leopoldo
  • Carlos Barbosa
  • São Sebastião do Caí
  • Portão
  • São Lourenço do Sul

 

Situação de Emergência Preventiva:

  • Alegrete
  • Bento Gonçalves
  • Gravataí

 

 

 

* Reportagem Correio do Povo e Famurs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *