Furto em cemitério de Frederico Westphalen

Furtos de objetos em cemitérios voltaram a ser registrados na região, após um ano de uma onda de assaltos ocorridos em vários municípios da região. Na ocasião, uma quadrilha foi presa no mês de maio do ano passado e, desde a data, não houve mais registros desse tipo de crime, até a noite de domingo, 29 de abril, e madrugada de segunda-feira, 30 de abril, quando cerca de 300 túmulos e jazigos do Cemitério Jardim da Saudade, de Frederico Westphalen, foram alvo dos criminosos.

Conforme o secretário de Obras de FW, Valmor Pavan, estima-se que cerca de 800 argolas foram furtadas. Além disso, objetos religiosos, como crucifixos e até molduras, também foram levados. Em relação a esses itens, não há estimativa de quantos foram subtraídos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *